Blog oficial | Diamantes Lingerie



Vantagens do MEI para a Consultora

Independência financeira tem se tornado cada vez mais um objetivo de vida de muitas mulheres. Não se trata apenas de dinheiro. Trata-se de confiança e autoestima.

Desta forma, muitas mulheres hoje são donas do seu próprio negócio e da sua vida. E quem não gostaria de ter flexibilidade de horário, liberdade sobre a própria rotina e melhores ganhos?  Até mesmo quem nunca pensou sobre esses fatores, pode se atrair por um novo estilo de vida. É assim que nasce um microempreendedor individual! Você já pensou em se tornar um?

O MEI (Microempreendedor Individual) é um conceito que surgiu em 2008 buscando formalizar trabalhadores brasileiros que desempenham diversas funções sem amparo legal e jurídico. Tornando-se um MEI, você passa a ter CNPJ e acesso a benefícios como aposentadoria, auxílio doença, auxílio maternidade, facilidade na abertura de contas e obtenção de crédito, emissão de notas fiscais e redução do número de impostos.

Com exceção de pensionistas, servidores e estrangeiros sem visto permanente e titulares de outras empresas, qualquer pessoa pode virar MEI. É possível, inclusive, se tornar Microempreendedor Individual trabalhando de carteira assinada. Bacana, hein?

São muitas as atividades que podem ser enquadradas dentro do regime de Microempreendedores Individuais, mais de 400. Dentre elas, a de Comerciante de Artigos de Vestuário e Acessórios Independente.

Para formalizar a requisição do seu MEI é necessário realizar seu cadastro portando CPF, telefone e endereço. Além disso, é preciso indicar a atividade principal que deseja executar como MEI. Para se tornar um Microempreendedor Individual deve-se faturar hoje até R$81.000,00 por ano ou R$6.750,00 por mês, ter no máximo um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular.

Uma das vantagens de se tornar um Microempreendedor Individual é a isenção de impostos federais como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e C SLL. Para tanto, o MEI deve se formalizar e pagar mensalmente o Documento de Arrecadação Mensal do Simples Nacional (DAS).

Se interessou pelos benefícios de ser um MEI? Nossa dica é acessar o Portal do Empreendedor (http://www.portaldoempreendedor.gov.br/) para conhecer todos os detalhes e realizar seu cadastro. Ah, e claro: sucesso no seu negócio!



COMENTE: